• Bela Verissima

Drenagem Linfática Para Gestantes



A drenagem Linfática para gestantes se tornou uma técnica muito popular na atualidade. Contudo, esse método não é um procedimento recente. Ele já é consagrado desde a década de 60.

Isso mesmo! A drenagem linfática foi desenvolvida 1932 pelo dinamarquês Vodder e sua esposa. No início, o método era utilizado no tratamento infecções localizadas nas vias aéreas superiores. O tratamento teve sete atendimentos iniciais, e durante eles foi observado que a técnica não só diminuiu o edema, como conseguir recuperar o aspecto normal e sem flacidez da pele.

Através dele, além de haver um aumento na oxigenação do organismo, também é possível aumentar a nutrição celular, bem como favorecer o processo de cicatrização.

A drenagem linfática é composta por um conjunto de manobras especificas. Elas trabalham o sistema linfático, e têm como objetivo eliminar o excesso de líquido do interstício celular. Com a drenagem, é possível restabelecer o transporte do sistema linfático e combater o inchaço corporal.


Quais as vantagens da Drenagem Linfática para gestantes?


A Drenagem Linfática para gestantes é uma boa opção para as mamães que desejam diminuir os desconfortos típicos desse período. Essa técnica oferece vários benefícios, tais como:


· Ajuda na oxigenação das células

A oxigenação das células é muito importante para o organismo. Quando o seu corpo não recebe a quantidade de oxigênio que ele precisa, acaba iniciando um processo degenerativo.

Isso porque as células não conseguem respirar, e consequentemente não conseguem desempenhar suas funções corretamente. E uma das vantagens da Drenagem Linfática para gestantes é justamente o fato dessa técnica melhorar a oxigenação dos tecidos, músculos e células.


· Nutrição das células

Mais um dos benefícios desse método é que ele ajuda a melhorar a nutrição das células. O nosso corpo necessita de uma série de nutrientes diariamente para desempenhar todas as suas funções.

E durante a gravidez, essas demandas só aumentam. Afinal de contas, o corpo precisa suprir as necessidades da mãe, mas também do feto que está se desenvolvendo.

Por conta disso, é importante buscar formas do corpo conseguir absorver e aproveitas as vitaminas, sais minerais e outros nutrientes. E a Drenagem Linfática para gestantes é uma alternativa que gera esse tipo de resultado.


· Diminui os inchaços

Durante a gestação, o corpo da mulher tem um grande aumento na produção hormonal. Isso acontece justamente para que ele possa se adequar ao bebê que está crescendo durante os 9 meses.

E uma das consequências desse aumento hormonal é que o corpo da mãe tem uma tendência maior em reabsorver o sódio, o que acaba levando a retenção de líquidos e ao inchaço excessivo.

A Drenagem Linfática para gestantes consegue justamente trabalhar nesse aspecto. Através dos movimentos específicos, é possível eliminar os líquidos em excesso, trazendo assim mais conforto para a gestante.


· Pode ser realizada no pós-parto, tornando a recuperação mais tranquila

Mais um dos benefícios da Drenagem Linfática para gestantes é que ela pode ser utilizada no pós-parto. Além de acabar com a retenção de líquidos que podem causar inchaços desconfortáveis, esse método também ajuda a combater a celulite.

Isso porque, ele consegue trabalhar diretamente nas inflamações que geram os acúmulos de gordura, bem como na recuperação da pele. Dessa forma, a mãe consegue retornar ao corpo de antes da gravidez com mais facilidade.


Como é feita a Drenagem Linfática para gestantes?





A Drenagem Linfática para gestantes geralmente trabalha regiões específicas, como as pernas, braços, costas pés, e face. Isso porque, geralmente essas regiões são mais afetadas pelos inchaços típicos da gravidez.

Normalmente, esse método não é aplicado nos seios nem na barriga, uma vez que a massagem pode estimular movimentos intrauterinos. Mas, ela é totalmente segura para a mãe e também para o bebê.

A gestante é colocada em um local confortável de modo que não tenha dificuldades em respirar, nem sinta dores ou qualquer tipo de desconforto nas costas. Alguns especialistas também podem deixar as pernas da mamãe mais elevada para ajudar no retorno venoso, minimizando o inchaço.

Em seguida são aplicados os movimentos da Drenagem Linfática, visando estimular o sistema linfático. A duração de cada sessão vai depender diretamente do caso apresentado por cada paciente.


Outras situações onde a drenagem linfática é recomendada


Além da Drenagem Linfática para gestantes, essa técnica também pode ser utilizada em outras situações. Como ela consegue diminuir inchaços de modo geral, ela é amplamente indicada para pós-operatórios.

Veja abaixo algumas situações onde essa técnica pode ser utilizada:


· Pós-operatório mamoplastia

A mamoplastia é uma cirurgia muito comum no Brasil. Ela pode ser feita tanto para aumentar o tamanho das mamas como reduzir.

Durante o pós-operatório desse tipo de intervenção cirúrgica, é comum surgir um edema que dá a sensação de que os seios estão duros. Além disso, há grandes chances de líquidos se acumularem na região.

Por conta disso, é muito comum que a drenagem linfática seja indicada. É através dela que é possível drenar o edema decorrente da mamoplastia. Inclusive, ela pode ser realizada com a paciente ainda internada, logo após o término da cirurgia.

Mas, para que não haja qualquer tipo de complicação, é muito importante que ela seja feita por um profissional, e tomando todos os cuidados necessários. Isso porque, nos primeiros dias após a intervenção, a pele ainda não aderiu bem aos músculos.

Logo, os movimentos precisam obedecer a uma distância mínima do local de corte, bem como um ritmo e aplicação de forma específicos.


· Pós-operatório cirurgia vascular de membros inferiores

A drenagem linfática também pode ser indicada para o pós-operatório da cirurgia vascular de membros inferiores. Assim como acontece em outras operações do gênero, é comum que edemas e inchaços surjam logo após a cirurgia.

Geralmente, o paciente precisa usar meias e outras roupas de compressão, de modo a otimizar os resultados. Contudo, essa técnica também é frequentemente indicada, justamente por ajudar na drenagem do edema e de líquidos.

Além disso, como ela gera um aumento de oxigenação, também acaba sendo útil na recuperação do aspecto da pele, e até mesmo na aderência.


Dúvidas sobre Drenagem Linfática para gestantes





Apesar de ser um método cada vez mais popular, ainda existem algumas dúvidas em relação a Drenagem Linfática para gestantes. Confira abaixo as respostas para algumas delas:


· Qualquer gestante pode fazer a drenagem linfática?

Não, esse método é contraindicado para mulheres que possuem problemas de hipertensão, trombose venosa, insuficiência renal ou qualquer outro distúrbio ligado ao sistema linfático.


· A partir de que mês é possível fazer a Drenagem Linfática para gestantes?

Isso vai depender do aval do obstetra, mas, de maneira geral, a partir do terceiro mês esse método já pode ser realizado.


· Quem fez cesárea no parto, pode fazer esse processo?

Sim, as mães que fizeram cesárea também podem fazer esse tipo de drenagem. Contudo, é fundamental consultar o obstetra com antecedência.

Dependendo do caso, o médico pode pedir para que a gestante aguarde até a total cicatrização para só então passar pela técnica.


· A drenagem linfática pode prejudicar o bebê?

Não, todos os movimentos feitos são realizados com cuidado e longe da região da barriga, justamente para não estimular o útero. O bebê ficará totalmente seguro durante as sessões.

A Drenagem Linfática para gestantes pode ser uma excelente opção para quem deseja se livrar dos inchaços típicos do período gestacional, bem como outros desconfortos. Mas, lembre-se de antes de procurar uma clínica para realizar processo, falar com o seu obstetra.


#bellaverissima #drenagemparagestantes #cuidadoparagestante

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Rua Dr. Emílio Ribas, 1187 Clínica Derma Office - 2o. andar Cambuí – Campinas - São Paulo - Brasil

Atendimento de segunda a sexta das 8h às 18h

© 2019 para Bella Verissima - Drenagem Linfática
Criação e Campanhas Google CREIS